NOVIDADES

Mais de mil cidades estão em estado de alerta contra Aedes Aegypti

1
DEZ

Estudo foi feito pelo Ministério da Saúde (Foto: Google)
De acordo com o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti, feito pelo Ministério da Saúde, 357 municípios estão em situação de risco para ocorrência de dengue, zika e chikungunya – nelas, mais de 9% dos imóveis visitados continuam larvas do mosquito. Já em 1.139 cidades estão em situação de alerta, o que significa entre 1% e 3,9% das casas com larvas. E 2.450 municípios foram classificados como satisfatórios, com percentual menor de 1%.

O estudo analisou dados de 3.946 cidades, entre o início de outubro e a primeira quinzena de novembro. Em relação às regiões, o Nordeste teve maior registro de municípios em alerta: 41% dos que enviaram informações. Em seguida, está o Norte (40,4%), Centro-Oeste (20,1%), Sudeste (19,32%) e Sul (13,66%).

Em relação às capitais, estão em situação satisfatória Macapá, Fortaleza, Goiânia, Belo Horizonte, João Pessoa, Teresina, Curitiba, Rio de Janeiro e Palmas. As que estão em alerta são: Maceió, Manaus, Salvador, Vitória, Recife, Natal, Porto Velho, Aracaju e São Luís. As demais, inclusive a capital federal, Brasília, ainda não enviaram as informações.



Fonte: Agência Brasil